Falta de consenso em torno do nome de Enivaldo pode impedir aliança do PP/ PSDB em CG
27/07/2016 11:11 em Política

Cobiçado por PMDB, PSB e por PSDB, o Partido Progressista, em Campina Grande, que havia sinalizado uma possibilidade de composição com os tucanos, na Rainha da Borborema, nas eleições municipais deste ano, pode acabar optando por um outro caminho devido a uma resistência a aceitação do nome do presidente da sigla, Enivaldo Ribeiro, como opção para vice de Romero Rodrigues.

De acordo com informação publicada na coluna Aparte, do jornalista Arimatéia Souza, Enivaldo enfrenta resistência dentro do próprio PP.

Na linha sucessória, a filha da deputada Daniella Ribeiro, a jovem Marcela Ribeiro, é a segunda opção da sigla. Além de jovem, e de uma trajetória sem manchas, Marcela é mulher, proporcionando uma chapa eclética, com a inserção do grupo feminino na gestão.

VEJA

A vaga de vice na chapa de Romero Rodrigues continua indefinida. E a indefinição é – predominantemente – de natureza interna, no Partido Progressista.

Por incrível que pareça, não existe dentro do PP – leia-se família Ribeiro – um consenso em torno do nome do ex-prefeito Enivaldo Ribeiro.

É até inacreditável, mas pura verdade.





Fonte:PB Agora

COMENTÁRIOS