Quadrilheiros de CG revelam dificuldades financeiras para manterem apresentações
24/06/2016 12:51 em Novidades

 O investimento que as quadrilhas juninas de Campina Grande aplicam em suas produções é chegam a superar suas arrecadações. Segundo o diretor da Associação das Quadrilhas Juninas de Campina Grande, Lima Filho, tem diretor de quadrilha junina de Campina Grande devendo mais de R$ 20 mil só de costureiras.

De acordo com ele, os grupos menores gastam, em média, R$ 40 mil por ano e os maiores chegam a aplicar R$ 100 mil para levarem ao pátio do Maior São João do Mundo apresentações impecáveis. Com isso, as equipes precisam fazer um verdadeiro malabarismo para arrecadar o dinheiro. Como muitas não conseguem levantar o dinheiro todo, quando o São João termina elas ficam com grandes dívidas.

Lima Filho, contou que nenhum grupo da cidade conta com recursos próprios provenientes de apresentações. Todos dependem do poder público e de atividades extras, como bingo e rifas, para arrecadar o dinheiro das produções. Este ano, a Prefeitura de Campina Grande financiou R$ 12,1 mil para cada quadrilha junina.


“Algumas equipes cobram mensalidade dos dançarinos para aplicar na confecção dos figurinos. Os familiares também acabam contribuindo com certas quantias. Mas boa parte faz bingos, rifas e festas para arrecadar recursos”, explicou Filho. Quando o grupo não consegue o dinheiro completo, geralmente o diretor da quadrilha junina se responsabiliza pelo o restante.

Há poucos dias a prefeitura de Campina revelou que vai buscar parceria privadas para pagar o show de Wesley Safadão que custa em média R$ 500 mil. O representante das quadrilhas apela a prefeitura que essas parcerias se estendam às quadrilhas juninas.


Fonte:PB Agora

COMENTÁRIOS