IBGE estima que população da PB começará a diminuir a partir de 2041
25/07/2018 11:51 em Novidades

A partir de 2041, a população da Paraíba começará a diminuir. No mesmo ano, a população de mais de 65 anos será maior que a dos menores de 15 anos. É o que estima a Projeção de População divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (25).

O demógrafo Tadeu Oliveira, do IBGE, analisou e explicou os dados. Segundo ele, esse fenômeno é a tendência do que vem acontecendo em outros estados do Norte e Nordeste.

“O que está acontecendo com a Paraíba, essa redução, tem uma combinação de dois fatores: a redução do nível da fecundidade, menos nascimentos que ocorrem a partir de 2017, combinado com um saldo migratório negativo, ou seja, sai mais gente do que entra no estado. Esses dois efeitos fazem com que em 2041 a gente imagina que a população diminua de tamanho”, explicou.

Segundo ele, se fosse desconsiderado o quesito migratório, esse processo seria adiado em seis anos, passando a acontecer apenas em 2047. Tadeu afirmou ainda que a questão da redução da taxa de fecundidade se explica por fenômenos como maior escolarização das mulheres e também o maior número delas no mercado de trabalho.

Por fim, ele traçou um panorama que no Brasil a estimativa é que esse fenômeno de diminuição da população só aconteça em 2048 e fez um paralelo com o que acontece em países desenvolvidos.

“Os países com estágio maior de desenvolvimento estão passando por isso. É o caso dos países europeus, Japão, Estados Unidos. A Espanha já perde população, o que ‘segura’ esses outros países é a imigração. Alguns não diminuíram de tamanho ainda porque a imigração compensa a questão da fecundidade”, finalizou.

Sobre o estudo

Segundo o IBGE, as projeções de população têm fundamental importância para o cálculo de indicadores sociodemográficos, servem de subsídios para a implementação de políticas públicas e a posterior avaliação de seus respectivos programas, bem como para estratégias de planejamento do setor privado.

Além disso, possibilitam antecipar os desafios a serem enfrentados pela sociedade brasileira nas próximas décadas, assim como as oportunidades que surgirão em decorrência das mudanças demográficas.

Dada a importância do uso e suas consequências para o planejamento, as projeções de população são monitoradas continuamente, e passam por revisões periódicas para a incorporação de novas informações, quando são detectadas alterações nas hipóteses previstas para as componentes do crescimento demográfico, ou por mudança de metodologia.

Fonte:Portal Correio

COMENTÁRIOS