Alegando problemas relacionados à crise, prefeito não disputará reeleição
14/05/2016 11:50 em Política

Exercendo o seu terceiro mandato a frente do município de Solânea no Brejo paraibano, o prefeito Beto Brasil (PPS) que desistiu de disputar a reeleição culpou a crise financeira que atravessa o Brasil, como o principal motivo para deixar a vida pública. O desabafo do gestor ganhou repercussão no Brejo pelo Portal Nordeste1.


Beto inicialmente salientou que as cobranças são as mais diversas e disse que é praticamente impossível ‘trabalhar’ ante uma situação tão difícil.


“Estou no terceiro mandato, naturalmente a expectativa da população aumenta, já que eu tenho uma experiência e conheço o funcionamento da máquina pública, mas essas demandas que eu mesmo gostaria de estar atendendo, não estou conseguindo, diante das dificuldades que o país enfrenta, e que o município é o que mais sofre, é no município onde as demandas acontecem, é do prefeito que a população cobra”, explicou.


O prefeito também revelou que se decidisse candidatar a reeleição, teria que maquiar a realidade. “A gente sente em não poder atender as demandas, diante disso, sabedor das dificuldades e sendo candidato a reeleição, naturalmente eu teria que maquiar a realidade, mas eu preciso ser sério e mostrar as dificuldades sendo muito transparente”.


Beto Brasil que é funcionário público também disse que pretende voltar a trabalhar no Banco do Brasil onde é funcionário, após o término de sua gestão.





Fonte:PB Agora

COMENTÁRIOS